Saiba como utililizar aromatizadores em casa

Encontrei este texto sobre aromatizadores e achei muito interessante.
Fonte: CHRIS CAMPO – Colaboração para o UOL

O perfume de um lugar está diretamente relacionado à sua identidade. Não é por acaso que muitas grifes, seja de moda ou de decoração, investem em aromas exclusivos – borrifados exaustivamente pelos ambientes. Quem entra pela primeira vez, repara, gosta ou desgosta. Mas, se voltar, sentirá certa familiaridade no ar. Na nossa casa acontece o mesmo. O cheiro de bolo da casa da avó, o perfume da casa do namorado ou da melhor amiga. Relações afetivas se consagram pelos cheiros. Ou vai dizer que isso nunca aconteceu com você?
Para nossa sorte, hoje são muitas as opções de aromas desenvolvidos especialmente para o lar – e que podem ser encontrados no mercadinho do bairro ou na loja fina do bairro paulistano do Jardins. O veículo, você escolhe. Acender um incenso ou pingar gotas de óleos essenciais ou essências (a diferença é grande, mais adiante você descobrirá quais são) em difusores de cerâmica; ligar na tomada um difusor elétrico com essências líquidas ou em pastilhas, manter flores cheirosas, como o lírio, em vasos posicionados em pontos estratégicos da casa…

Mas é bom saber que nada disso funcionará se o ambiente não estiver devidamente preparado para atitudes caprichosas como perfumar o ar que você respira. Casa perfumada de verdade precisa estar arejada. Janelas precisam ser abertas todos os dias, para que ocorra a renovação do ar. Cinzeiros devem estar sempre limpos (não há essência que dê conta com o ar dominado pelo cheiro de bitucas e cinzas amanhecidas…). Toalhas precisam ser colocadas ao sol, para evitar aquele cheiro de úmido de banheiros com toalhas ensopadas penduradas nos cabideiros por dias seguidos. E, principalmente, o espaço do seu bicho de estimação precisa estar sempre impecável. Experimente borrifar o spray mais luxuoso em uma lavanderia com areia de gato repleta de detritos acumulados para ver se funciona. Não mesmo. Ciente desses pré-requisitos para uma casa sempre cheirosinha, é só escolher sua maneira favorita de aromatizar o próprio espaço.

Glossário perfumado:

Incensos Se você não é um ser alérgico ou com o nariz sensível demais, vale apostar nas varetas perfumadas – fáceis de usar e altamente eficazes. Cuidado apenas com o perfume escolhido. Incensos bons têm essências suaves, que não agridem o olfato e deixam no ar uma sensação de cheirinho de talco.

Essências ou óleos essenciais São encontradas em pequenos frascos. Cinco ou sete gotas no difusor aquecido por uma vela ou sobre círculos de cerâmica que podem ser colocados sobre lâmpadas acesas garantem ambientes perfumados suavemente por muitas horas. A diferença entre um e outro está no preço e na qualidade do liquido. Essências geralmente são feitas com aromas artificiais, enquanto óleos essências são 100% naturais e, de quebra, propiciam o efeito de aromaterapia no ambiente – por isso é bom ter em mente quais suas intenções com o perfume escolhido.
Evite pingar essências diretamente sobre as lâmpadas, elas podem queimar assim que a essência estiver aquecida.

Aromatizadores de ambientes com borrifadores Deixam a casa perfumada e garantem certo frescor ao ambiente. Mas, para ter a casa sempre perfumada, é preciso borrifar várias vezes ao dia. Existem ainda versões para perfumar lençóis e toalhas – que são mais eficazes quando utilizadas na hora de passar a roupa, porque o perfume fixa melhor no tecido.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s