Cuidados antes de uma viagem

Fiquei um período sem escrever porque estava de “férias”. Na verdade emendei os feriados e aproveitei para viajar um pouco. E aproveitando esta experiência, resolvi escrever sobre os cuidados que se deve ter antes de uma viagem. Quem não sofre com cabelo e pele durante um período longe de casa? Veja como se preparar e não ficar encanada!

1ª. Dica > Rosto: não utilize creme com ácido no rosto antes de ir viajar, deixe a pele descansar. Você vai ficar exposta ao sol mais do que o esperado.

2ª. Dica> Cabelo: Segundo a cabeleireira e visagista Cléa Valandro, do Salão Mystika Moda em Cabelo, invista em hidratações antes de viajar e agende os tratamentos químicos pelo menos um mês antes da viagem, evitando fios muito sensíveis no calor

3ª Dica> Unhas: Passe uma cor clarinha ou apenas base, nada pior que uma unha com metade do esmalte.

4ª. Dica> Hidratação: Além de tomar muita água, mantenha a pele hidratada com cremes

5º Dica> Esfoliação: Dois dias antes da viagem, faça um banho de sal grosso ou utilize um creme esfoliante. Esfregue por todo corpo, sem exceções. Assim, você retira as células mortas e auxilia a renovação celular. Sua pele estará lisinha, hidratada e você evitará pelos encravados.

Anúncios

Óleo essencial de Eucalipto para alivio das vias respiratórias

Óleo essencial de Eucalipto

Da ultima vez que fiquei gripada experimentei o óleo essencial de eucalipto para ver sua verdadeira eficácia. E eu amei! Estava com as vias respiratórias congestionadas e ele me ajudou muito!  Pesquisei sobre o assunto, e o que faz o óleo essencial de eucalipto ser eficiente para problemas respiratórios é porque ele contém o cineol. Essa substância é responsável pelos efeitos anti-séptico, antivirótico e expectorante.

O óleo também tem propriedades terapêuticas. Tradicionalmente, os aborígenes australianos cobriam feridas com folhas de eucalipto para apressar a cura. Pesquisas recentes confirmam que o óleo tem propriedades antiinflamatórias e alívio de dores, e pode reduzir inchaços e acelerar a cura.

Contra-indicações: não é indicado o uso de eucalipto por pessoas asmáticas e por pessoas que fazem qualquer tratamento com homeopatia.

Fonte: MAXWELL-HUDSON, C. Aromaterapia & Massagem. São Paulo: Vitória Régia, 2000.

www.naturologiamococa.wordpress.com

http://www.biodomani.com.br

 

Orientação de usos:

 

A – Aromatizadorde 5 a 10 gotas do Óleo essencial

B – Banhos usar 15 a 20 ml do Banho aromáticos Biodomani ou pingar de 6 a 10 gotas do óleo essencial na banheira.

C – Compressas 5 a 10 gotas do Óleo essencial em ½ litro d’água quente.

Ep – escalda-pés 02 colheres de sopa do Sal aromático Biodomani em 02 litros de água quente, repouse os pés por 20 minutos.

G – gel de massagem aplique uma porção do Gel de massagem Biodomani na região afetada. 

 I – Inalação 2 gotas em um lenço ou 6 gotas do Óleo essencial em 01 litro de água quente. Inale o vapor e proteja os óleos.

M – Massagem 30 gotas em 60 ml de óleo vegetal

– Óleo aplicação 30 gotas em 60 ml de óleo vegetal

T – tópico, 01 a 02 gotas do Óleo essencial puro ou diluir em partes iguais com óleo de calêndula.

BA – banho de assento – 10 gotas em 2 litros de água.

Argila para cabelos

Cabelo oleoso e argila

A cada dia fico mais supresa com a argila e não é  sem motivos que desde a antiguidade se usa a lama para tratamento de doenças. Hoje o post será sobre a argila como aliada para o tratamento dos cabelos oleosos.

A máscara da argila para cabelos  promove um peeling que age no couro cabeludo estimulando a circulação e fazendo uma limpeza profunda nos cabelos. Existem vários tipos de argila, mas a mais indicada para os cabelos oleosos é a argila preta, pois tem ação adstringente, tonificante e estimulante.

Uma dica importante é consultar o seu cabeleireiro, pois se você tiver muita química nos cabelos, eles podem desbotar e tendem a ficar mais ressecados.

Tipos de argila indicada para cabelos

  • Argila verde – estimulação e circulação do couro cabeludo e cabelos normais.
  • A argila preta – cabelos oleosos e com queda dos cabelos.
  • Por ser rica em sais minerais, a argila branca é indicada para caspa e circulação

Como aplicar a argila nos cabelos

  1. Lave os cabelos e de uma secada com o secador.
  2. Junte 3 colheres de sopa de argila e acrescente a água até ficar homogênea.
  3. Aplique nos cabelos começando do couro cabeludo para as pontas
  4. Deixe agir por uns dez minutos
  5. Lave os cabelos. Use um creme para auxilar na hora de pentear

Bjos

Você merece um banho relaxante e hidratante!

Você já tomou banho com espuma de banho? A espuma, que pode ser usada na banheira ou na bucha durante o banho de chuveiro, proporciona toque aveludado na pele e completa hidratação.

Veja a descrição do produto que você encontra na Armazém do Banho – Sorocaba.

Espuma de banho: Higienização, remoção de impurezas e bem-estar no banho.

Benefícios:

Fórmula concentrada com pH neutro (menos irritante)

• Espuma densa e cremosa

• Fragrâncias especiais

• Espumas enriquecidas com extratos

• Produto Premium

• Produz excelente volume de espuma

• Utilizar aprox 40ml em cada banho de banheira

• Toque aveludado

• Sensação hidratante

• Rótulo resistente a água

• Tamanho 415 ml acima do padrão de mercado

Modo de usar: Coloque quantidade suficiente na água da banheira ou aplique na pele molhada com o auxílio de esponja, friccione até formação de espuma, enxágue em seguida abundantemente com água.

Caspa – Shampoo natural para tratar

Caspa – Shampoo natural para tratar

Muita gente sofre de caspa, e esse problema decorrente de fatores como: alimentação rica em gordura, alteração hormonal, problemas emocionais ou tratamentos agressivos no cabelo, pode ter, no seu tratamento, o auxilio de shampoos com extratos naturais. Na Armazém nós temos o shampoo para caspas da Natuflora que contém jaborandi, copaíba, mutamba e juá.

A gente nem dá bola para a composição dos shampoos, mas veja como podemos ter o melhor resultado com a combinação de vários óleos e extratos. O Jaborandi tem o princípio ativo pilocarpinaque que age sobre o bulbo capilar, fortalecendo e reduzindo a queda de cabelos. A Copaíba é anti-séptica, anti-inflamatória e cicatrizante. Muito usado pelos índios, ate mesmo para higienizar os dentes, o Juá tem propriedades anti-sépticas, Vitamina C- Cafeína- Ácido betunílico- Saponinas. E a Mutamba tem ação adstringente, antisséptica e antioxidante. Ela também ajuda a destruir as afecções parasitárias do couro cabeludo. É indicada no uso fitocosmético na forma de loção e shampoo.

Bjos e até amanhã.

Além da pele macia…. Parte 2- Estrias

Quem não tem estrias? Quase todo mundo tem uma ou outra e na gravidez elas surgem mais frequentemente. E, como o assunto esta semana é hidratação, pesquisei com nossos fornecedores o assunto e obtive informações bem interessantes sobre o assunto.

Os ativos mais utilizados nos produtos para prevenção de estrias são: lactato de amônio, uréia, elastina, colágeno, alfa-hidroxiácidos e óleos vegetais, como por exemplo, o óleo de semente de uva, óleo de maracujá e manteiga de cupuaçu. Essas substâncias com alto poder de hidratação ajudam a manter a integridade da barreira cutânea. Então da próxima vez que forem comprar um hidratante, veja se esses ativos estão na composição e obtenha o melhor resultado.

A foto do post é o creme de de massagem com semente de uva e cupuaçú da Natuflora. Ideal para o tratamento contra estrias.
Mais informações sobre estrias:

As estrias surgem quando há uma ruptura das fibras de colágeno e elastina, devido ao ganho ou perda de peso, alterações hormonais ou distensão exagerada da pele.
As estrias recentes são eritematosas (avermelhadas) e mais fáceis de serem tratadas. Já as estrias atróficas (brancas) representam o aspecto final das mesmas e são mais difíceis de tratar. “Quando a pele sofre uma grande distensão, há um momento em que a elasticidade atinge o limite de tensão e, logo depois se rompe, como uma meia de nylon que é esticada demais. As fibras elásticas atingem o limite de seu comprimento e rompem-se, esgarçam, aparecendo assim às estrias, que são como cicatrizes nos pontos que se rasgaram. Elas aparecem como lesões avermelhadas ou esbranquiçadas, alongadas, com superfície de pele fina e levemente enrugada, que não se bronzeiam com o sol”, esclarece a dermatologista Ligia Kogos.

Bjs

Dia do professor com Armazém do banho